Incerteza Cristã. O Que é Isso e o Que Fazer Diante das Dúvidas?

Incerteza Cristã. O que é isso?

Deus é Amor. Ele Nos Enviou Seu Filho Jesus Para Nos Guiar

Que a paz do nosso Senhor Jesus Cristo esteja conosco.

Você já passou por momentos de total incerteza? Teve dificuldades em tomar decisões em sua vida? Já?…Eu também.

Incerteza Cristã. O Que é Isso e o Que Fazer Diante das Dúvidas_Menina Sentada no Banco

Antes de falarmos sobre dúvidas, ou incerteza cristã, vamos estudar um pouco sobre os efeitos negativos da dúvida, biblicamente falando.

Iniciamos com três pilares comportamentais que podem definir bem os sentimentos que nos impedem de entendermos nossos propósitos na vida.

Ceticismo: É o ato de duvidar de tudo. A pessoa precisa ver para crer por ter medo de se enganar.

Ela assume um senso de crítica muito forte e isso acaba refletindo um medo de assumir compromissos.

Quando o ceticismo impera na vida de uma pessoa ela acaba buscando evidências nas coisas mesmo que isso possa levá-la ao sofrimento.

Na Bíblia vemos alguns exemplos de dúvidas do discípulo Tomé, em João 11.16; João 14.5 e João 20.25 (“Disseram-lhe, pois, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele disse-lhes: Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos, e não puser o meu dedo no lugar dos cravos, e não puser a minha mão no seu lado, de maneira nenhuma o crerei).

Apesar dele crer nas palavras de Jesus Cristo ele precisava ver as coisas acontecendo.

Mas Jesus Cristo, em João 20.29, nos diz que devemos apenas crer e confiar em seus ensinamentos e ordenanças.

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram”.

Cinismo: É a atitude que muitos tentam demonstrar de que não estão interessados em determinado assunto.

É o oposto da coragem, é um sentimento de suspeita absoluta, de negatividade em relação aos outros.

Diferente da incerteza cristã, estes confiam desconfiando. Tiram a responsabilidade de si, falando biblicamente, são aqueles que lavam as mãos.

Na Bíblia vemos exemplos que traduzem essa atitude, quando Pilatos excluiu a responsabilidade no julgamento de Jesus, lavando as mãos, em Mateus 27.24.

“Então Pilatos, vendo que nada aproveitava, antes o tumulto crescia, tomando água, lavou as mãos diante da multidão, dizendo: Estou inocente do sangue deste justo. Considerai isso”.

Incredulidade: Quando a pessoa se recusa intencionalmente de crer. É diferente da incerteza, nesse caso a pessoa desafia os ensinamentos.

Têm total domínio sobre o que dizem, suas decisões são explícitas e intencionais e não aceitam a Soberania de Deus.

Por não aceitarem o que Jesus ensinou estas pessoas preferem agir de maneira extremamente severa quando o assunto é Deus.

Na Bíblia vemos em 1ª Crônica 10.13a atitude rebelde e incrédula do rei Saul ao tirar a própria vida para não ceder a Davi.

Agora a Pergunta: Em Que Devemos Acreditar?

Existem três alicerces para uma vida de fé e segurança espiritual: Crer, Confiar e Conhecer.

Quando a certeza não é humanamente possível de alcançar, a fidelidade é o que nos basta.

A decisão de confiar em Deus, pode nos salvar. Através do amor de Deus, por nós, seus filhos queridos, somos salvos.

Por isso Deus diz para que cada um de nós, filhos, não tenhamos medo, apenas acreditemos.

Só que justamente em razão da magnitude de Deus, devemos ter em mente que fé, vai muito mais além de acreditar em Deus.

Por isso a pergunta mais sensata a ser feita é: Em quem você, e eu, desejamos acreditar?

Ter certeza da capacidade de Deus não é acreditar, ter fé é acreditar, precisamos conhecê-lo.

Por isso, não precisamos ter medo da incerteza, ela é normal. O que precisamos é ter confiança.

Não há intimidade real com Deus se não há confiança n’Ele. Não é assim nos seus relacionamentos humanos?

Quando você confia em alguém, você está dando um passo de risco.

Você tem certeza de que será bem-sucedido, porém, quando você decide arriscar você aplica ali 100% de confiança.

Se é assim com os homens, imagina com Deus.

É assim que você deve agir com Deus, você também deve confiar n’Ele 100%.

Enquanto você tiver fé você terá dúvidas, somos humanos e isso é normal, esse é o dom da incerteza.

A fé somente é requerida quando temos dúvidas. Quando o requerimento se concretiza imediatamente deixamos de continuar com a fé.

Ter Fé Sem Confiança de Nada Adianta

Incerteza Cristã. O Que é Isso e o Que Fazer Diante das Dúvidas_Menino na Corda Bamba

Não precisamos ter medo da dúvida, precisamos ter confiança em Deus e Jesus Cristo.

Em 1ª Coríntios 13.12, vemos: A fé confiante é sempre recompensada. Fé é um dom de Deus, e em Deus devemos confiar.

Quanto mais conhecemos alguém mais confiamos, mas infelizmente as pessoas desviadas não conseguem estabelecer este vínculo de confiança.

Em Hebreus 11.6, Paulo diz que sem fé é impossível agradar a Deus, mas uma fé confiante.

“Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”.

Incerteza Cristã, Aquela que é Agradável a Deus

  1. Aprendemos a esperar com fé, o impossível de Deus;
  2. O sofrimento da espera te permite a cada dia confiar na providência divina;
  3. As perguntas e questões sem respostas não te fazem perder a fé de que Deus está no controle (Jó 33.14);
  4. Os acontecimentos nos levam a compreender melhor a nossa fé (João 16.13; Salmos 77.6-10; João 20.19-29);
  5. A incerteza cristã nos faz buscar a verdade e não sermos enganados pelas artimanhas do inimigo.

Então saibamos que, um dos propósitos da dúvida é nos motivar a buscar a verdade.

E o que mais importa não é a incerteza, mas a fidelidade em Cristo Jesus em amor ao Nosso Deus Soberano.

Jesus, o caminho, a verdade e a vida. Jesus nos levará ao pai.

Que Deus abençoe a sua e a minha vida!

Receba mensagens de esperança. (É GRÁTIS)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *